Seguidores

UM SONHO INACABADO, QUE SE REPETE CONTINUADAMENTE !!!




UM SONHO INACABADO, QUE SE REPETE CONTINUADAMENTE !!!

A noite insiste em não terminar, continua sua vigília implacável, tento fechar os olhos, não consigo, e de repente, de olhos semi-abertos, possuído por um momento de insanidade, começo a sonhar acordado.

Sonho contigo, com a placidez do teu olhar, com a serenidade de tua alma refletida no teu rosto, sonho que estamos juntos, cúmplices do mesmo sentimento, viajando sem destino pré-estabelecido, num veleiro que navega ao sabor dos ventos, rumo ao desconhecido que o destino nos reservou.

Navegamos sem bússola, nem instrumentos, somente as estrelas nos guiando.

Sonho que me transformo num vampiro que não quer chupar teu sangue, porque te ama, sonho que me acolhes em teus braços, e em silêncio continuamos a viagem, sem nos preocuparmos onde iremos chegar porque sabemos onde: a lugar nenhum.

Porque esse veleiro nunca saiu do porto, porque eu não me transformei num vampiro apaixonado, por mais que quisesse, porque não existe destino traçado pra nós, porque nunca me tomaste em teus braços e porque esse sonho foi apenas um momento de insanidade temporária, embora eu gostasse que ele fosse verdadeiro.

......................................................
TONY (Gandalf)
14.09.2009

4 comentários:

Maria | 3 de fevereiro de 2010 05:55

Os momentos de insanidade são fundamentais para colorir nossa existência e nos levar mais além do que somos condicionados.
À partir do momento em que sonhamos com algo, ele passa a ter existência.
Parabéns, amigo poeta!! Sempre és brilhante.

Anônimo | 24 de fevereiro de 2010 08:51

Quisera eu ser a inspiração deum poema como este. Você fala de insanidade. É ela que traz as maiores alegrias.

smacks

Laura Antonio 2010 | 24 de fevereiro de 2010 08:53

O comentário acima é meu, magnífico poeta.

Antonio | 26 de fevereiro de 2010 14:20

MARIA e LAURA

todos nós somos um pouco insanos e felizes.
Beijos