Seguidores

NAS HORAS SOTURNAS DA MADRUGADA...






NAS HORAS SOTURNAS DA MADRUGADA !!!

Nas horas soturnas da madrugada
Quando a solidão assume o comando
Até as verdades parecem brincadeiras...
E, de repente, as brincadeiras que eram verdades
Se ransformam em loucuras imensas e incontroláveis...

Nas horas soturnas da madrugada,
Quando a solidão assume o comando
As loucuras que eram brincadeiras
Se tornam reais e sem limites
E o homem a elas inteiramente se entrega
Sem medir consequências
Sem se importar com o amanhã...

Nas horas soturnas da madrugada
Quando a solidão assume o comando
O homem pensa, de repente, na mulher amada
Em seu amor proibido, impossível de ser alcançado,
Que o levou a se entregar às loucuras
Já ditas imensas e incontroláveis...

E sem querer, involuntariamente
Chora, copiosamente,
Lágrimas salgadas, perversas, torrenciais
Que descem de seus olhos
E se abrigam em seus lábios
Sedentos de amor...

Nas horas soturnas da madrugada
Quando a solidão assume o comando
O Homem finalmente se rende,
À triste realidade que o cerca,

Se retrair, se conforma
E se rende, sem perdão
Ao seu destino...
Que ele não consegue mudar...

TONY (MAGO)
Dez 11/12=2009-00.59 h

4 comentários:

Berenice | 20 de fevereiro de 2010 19:41
Este comentário foi removido pelo autor.
Josiane Szargiki | 21 de fevereiro de 2010 17:22

Meu amor, meu noivo querido, li ao seu lado e ler novamente é maravilhoso!

Beijo

Antonio | 26 de fevereiro de 2010 13:43

BERÊ,

A madrugada é exatamente isso que leu no twitter.

JO,

Sem palavras pra te agradecer, querida.
Beijos

Dilean de Bragança | 26 de junho de 2010 08:07

O que dizer de tanta sensilibidade?

LINDO, LINDO, LINDO!

Bjus sempre!