Seguidores

D E S E J O !!!




De todas as mulheres que eu NÃO tive
E que provavelmente jamais terei
Tu és a que tens os lábios mais gostosos
Que eu, infelizmente, jamais beijei

De todas as mulheres que eu NÃO tive
E que provavelmente jamais terei
Tu és a que mais intensamente desejo ter
Junto a mim, por um momento só que seja
Mas sei que isso é apenas um sonho distante

De todas as mulheres que eu NÃO tive
E que provavelmente jamais terei
Tu és a que mais me enfeitiça, me enlouquece
Aquela que não sai do meu pensamento
E, no entanto, sei que jamais serás minha

E me consumo, me perco, prisioneiro de ti
Nesse desejo que por ti sinto
Que me embriaga, por inteiro, feito absinto
E se enrosca em mim, sem perdão, feito serpente...

by CORINGA - 23.04.2007

7 comentários:

Josiane Szargiki | 23 de fevereiro de 2010 12:07

Desejo do cheiro, do corpo, do calor e até do sabor que nunca se sentiu, mas que de tão intenso se torna real...sou assim por você quando estou longe, a diferença é que tenho o privilégio se sentir e você sabe como....lindo meu amor..beijos apaixonados.

Ni ... | 23 de fevereiro de 2010 14:33

Sempre tão bom reler os textos que já conheço....

Gosto muitãozão daqui...

Saudade... beijo e mais beijos...

ADMIRADOR | 23 de fevereiro de 2010 15:27

Muito bom!

Excelente bom gosto...

Abraço!!

Laura Antonio 2010 | 23 de fevereiro de 2010 16:26

Você escreve versos tão límpidos e verdadeiros que, através deles, confirma a máxima do amor romântico e do desejo: a pessoa mais amada ou desejada é àquela que habita as ilusões e que, jamais, teremos oportunidade de possuí-la, de tudo concretizar.

smaaaacks

Antonio | 26 de fevereiro de 2010 13:32

JO,
muito lindo seu comentário, adorei.
Bjos

NI,
tua presença sempre me traz alegria.
saudades tbm
Beijos

ADMIRADOR,
carissimo amigo um elogio seu vale ouro.
Abraço

LAURA,
vc brinca com as palavras, escreve fácio e muito bonito. Grato pelo seu comentário.
Beijos

Antonio | 14 de março de 2010 08:35

Obrigado, Sissym
Muita sensibilidade em seu comentário.
Bjs

Dilean de Bragança | 26 de junho de 2010 08:01

Um prazer te ler, fácil te entender, maravilhoso sentir tanta criatividade poética!
Obgda por nos brindar com tanta riqueza em versos cintilantes de amor!

Bjus meu GURU amado.