Seguidores

NUNCA TE VI, SEMPRE TE AMEI !!!




O tempo é escasso demais
Pra te dizer, bela desconhecida
Tudo o que significas pra mim.
Estranho, sequer te conheço
E no entanto
Me enfeitiças inteiramente
Te enroscas em mim, me aprisionas
Docemente.
Quem és tú, de onde vieste
Pra seres assim tão presente
Em minha mente?
Tu me excitas de uma forma
Como nunca sentí...
Só o mar me acalma,
Na espuma das ondas
Refletidas na lua cheia,
Do dia em que nasci...
As estrelas me guiando,
Suavemente,
Para teu colo macio e morno...
Este poema não tem rimas,
Mas é repleto de sentimentos...
Então, antes que o tempo se esgote,
De vez, perverso que é,
Encerro dizendo simplesmente,
NUNCA TE VI
SEMPRE TE AMEI !!!

APS/ 15.02.2009

6 comentários:

Ni ... | 1 de abril de 2010 10:22

Texto de extrema sensibilidade...

Lindo!

Beijo e mais beijos

Josiane Szargiki | 2 de abril de 2010 11:50

Meu amor, sonhos, desejos, vontades de estar, ser e viver, coisas que as vezes são maiores que nossas possibilidades, mas não são impossíveis, basta buscá-las e as vezes buscando e alcançando vemos que não é nada daquiço que queríamos.

Beijo meu noivo, te amo.

Cris de Souza | 7 de abril de 2010 11:23

Belo, és teu cantar...

Beijos da Ingá.

Antonio | 15 de abril de 2010 10:22

NI, JO, CRIS

Gratissimo pelos comentários.
Beijos

Dilean de Bragança | 26 de junho de 2010 07:56

"Então, antes que o tempo se esgote,
De vez, perverso que é,
Encerro dizendo simplesmente,
NUNCA TE VI
SEMPRE TE AMEI !!!"


M A R A V I L H A !


Amooooooooooooooooo!

Bjus de novo!

Anônimo | 10 de junho de 2012 16:00

amei suas postagens...
PARABÉNS...